1997 – O CHRISTALINO EM CURITIBA

Com o veleiro já em Curitiba, o convés começa a tomar forma. Toda tarde eu saía da empresa (com as ferramentas no porta malas) e ia trabalhar no barco. Ficava trabalhando até as 23:00h e então voltava para casa. Como não dispunha de cobertura (apenas precárias lonas) havia pressa em terminar o convés, e acabar com os problema devido a chuva.

Uma notícia inesperada. Parte do terreno onde está o barco foi vendido, terei que deslocá-lo para outro local próximo. No novo local, o barco ficaria mais vulnerável as intempéries, pois não existia nada para apoiar as lonas. Aumenta a necessidade de terminar logo o convés. Aproveito um período de férias para fazê-lo.

Transporte ‘’parte 2”. Com o barco protegido pelo convés já devidamente laminado, contratei novamente os serviços da Transportadora JB para deslocar o barco. Como tratava-se de carregar e descarregar a menos de 100 metros, não foi necessária a utilização de batedores.

Um contratempo, roubam todas minhas ferramentas elétricas do porta-malas do carro . É necessário continuar com o que restou, e aos poucos comprá-las novamente.

Bairro do Pinheirinho, Curitiba, PRPinheirinho, Curitiba, PRBairro do Pinheirinho, Curitiba, PR